Valença do Piauí
Sessões do Tribunal do Júri da Comarca de Valença começa nessa quarta-feira 21/07/2021

O Tribunal do Júri da Comarca de Valença do Piauí inicia nesta quarta-feira (21), a primeira das três sessões da semana que julgará três réus acusados de homicídios em Valença e na cidade de Pimenteiras que faz parte da jurisdição da 1ª Vara Civil da Comarca de Valença do Piauí.

 

Nesta quarta-feira, será julgado Mário Pimentel, que em 2017 atropelou na PI-120, bairro Morada Nova, em Valença, Manoel de Araújo Sousa (Manelim), que morreu no local do acidente. Manelim, que já foi candidato a vereador em Valença, foi atingido por trás quando trafegava em uma bicicleta por uma D20 guiada por Mario Pimentel, que após o acidente evadiu-se do local.

 

Na quinta-feira (22), acontecerá o julgamento de Antônio Airton Macedo Teixeira, que em 2012 matou com dois tiros de um revólver calibre 38, José Djailson Leal da Silva (26), na avenida principal da cidade de Pimenteiras, após uma discussão. Antônio Airton Macedo Teixeira foi preso na última quarta-feira (14) pela Polícia Militar do Ceará. Ele é natural de Parambu-CE.

 

No dia 23 de julho, senta no banco dos réus o ex-policial militar do Ceará, Rafael do Nascimento Oliveira Rosa, acusado de assassinar a jovem estudante de direito, Suellen Marinheiro Lula (21), em Valença do Piauí, em 2016.

 

Segundo a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado do Piauí, o crime ocorreu por volta de 2h da madrugada, em um bar localizado no bairro Novo Horizonte, após o acusado se negar a pagar a entrada de uma festa organizada pela família da vítima. A entrada custava R$ 5 reais.

 

Devido à situação, ocorreu uma confusão e Rafael, municiado com uma pistola Taurus, calibre 380, disparou um tiro contra a vítima Suellen Marinheiro Lula, tirando sua vida sem chances de se defender. Rafael Nascimento está preso desde 2016 e recentemente foi expulso da Polícia Militar do Ceará.

  

 

Fonte: Portal V1.com