Piauí
Gessy Fonseca anuncia apoio ao Dr. Pessoa para 2° turno em Teresina 20/11/2020

Gessy Fonseca anunciou oficialmente seu apoio ao candidato Dr. Pessoa (MDB) na manhã desta sexta-feira, 20 de novembro, durante coletiva para a imprensa na sede do partido, na zona Sul de Teresina. Segundo a empresária em seu discurso, a cidade precisa de alternância de poderes, por isso, sua decisão é apoiar Pessoa para o segundo turno nas eleições para a Prefeitura de Teresina.

 

Em sua fala, Gessy disse ainda que parte de seus projetos estarão inclusos no governo do candidato do MDB, que por isso decidiu que caminharão juntos para uma Teresina melhor. “Vamos caminhar juntos, pensar juntos. Sempre pensando de fato em Teresina e nos Teresinenses”, afirmou. 

 

A candidata do PSC aproveitou também para agradecer ao seu eleitorado em Teresina, que acreditou em seu trabalho e projetos. “Quero agradecer às 50.221 pessoas que votaram na Gessy, que acreditaram e acreditam em nossos projetos para transformar Teresina. Estive conversando com Dr. Pessoa e fechamos uma aliança de trabalharmos por Teresina. Ele se comprometeu comigo de forma simples, séria e transparente, como ele é, de agregar nossos projetos ao plano de governo dele”, completou.

 

 

Dr. Pessoa esteve presente durante o anúncio e teceu críticas à atual gestão e agradeceu ao apoio da candidata do PSC, que ficou na terceira posição no primeiro turno das eleições, recebendo mais de 50 mil votos. “Estou preparado para o diálogo, para a conversação. Nós vamos administrar não só com vocês juntos, mas aqueles que analisaram que nosso plano é o melhor. O nosso governo é no amor, competência e com olhar humanizado para aqueles que não tiveram oportunidade”, disse Dr. Pessoa em seu discurso.

 

Durante a coletiva, Dr. Pessoa se emocionou por duas vezes. Em entrevista ao Meionorte.com, ele falou de projetos voltados para os mais necessitados de apoio do poder público, como pessoas em situação de rua. “Meu primeiro projeto de lei vai ser não ver ninguém em pé de muros, que não sabem onde tomam banhos, onde dormem e onde comem. São cidadãos tanto quanto eu, só que a sociedade perversa excluiu. Eu sou um ser humano. Eu sou um ser humano que não olho só o poder, mas também o meu semelhante. Por isso que chorei e vou chorar várias vezes e não me envergonho”, disse.

 

Assista trechos da coletiva:

 

 

Fonte: Meio Norte