Brasil
Vacinação em Teresina é antecipada e primeiras aplicações ocorrem nesta terça 19/01 19/01/2021

Na tarde desta terça-feira (19), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) deu início a Campanha de Vacinação contra a Covid-19 em Teresina, que estava prevista anteriormente para ser lançada amanhã (20). Durante a ação foram vacinados profissionais de saúde que trabalham na urgência do Hospital da Primavera, na Avenida Duque de Caxias, na zona Norte de Teresina. 

 

Durante a cerimônia de lançamento da campanha, o prefeito Doutor Pessoa enfatizou que apesar do início da vacinação, os cuidados de prevenção a Covid-19 devem continuar, conforme orienta a OMS. 

 

"É um momento histórico, mas antes de falar, eu quero deixar bem claro que nós devemos continuarmos com os cuidados para prevenção contra o coronavírus orientado pela Organização Mundial de Saúde, o uso de máscaras, o distanciamento e o uso de álcool em gel." declarou o prefeito.

 

"Temos que bater palmas para os cientistas que em curto prazo conseguiram vacina contra o coronavírus, nós agradecemos a Deus e a todos. Que essa vacina seja ampliada não somente para aqueles que estão em contato direto, os profissionais de saúde, mas a todos, do faxineiro ao mais graduado."

 

A equipe técnica da FMS definiu que as 11.382 doses da vacina Coronavac recebidas serão aplicadas em profissionais de saúde da rede pública e privada; idosos que estão em abrigos, deficientes e profissionais de instituições de longa permanência (asilos) nesta etapa da campanha.

 

LEIA MAIS:  Municípios do Piauí recebem primeiras doses da vacina contra Covid-19

 

 

Dentro do grupo ‘profissionais de saúde’ as doses serão direcionadas, prioritariamente, aqueles profissionais que trabalham nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) exclusivas COVID, os que trabalham em Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) COVID, os profissionais que trabalham em urgências e emergências de hospitais, os que atuam nas alas COVID das unidades e os profissionais que trabalham no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

 

A FMS está fazendo todo o levantamento interno de seus profissionais que serão vacinados nesta primeira fase. E está recebendo os nomes daqueles que trabalham em unidades de saúde estaduais e particulares. A lista de vacinados será nominal, com nome completo, cargo e unidade em que trabalham. “Todas essas pessoas serão vacinadas em seus locais de trabalho”, diz Amariles Borba, diretora de Vigilância e Saúde da FMS.

 

 

Leitos são readequados na rede de saúde de Teresina

 

A FMS realizou, ainda nesta terça-feira (19), a transferência dos leitos clínicos do Hospital de Campanha Pedro Balzi, estrutura de campanha montada durante o pico da pandemia Covid. Os 20 leitos que existiam na unidade foram transferidos para o Hospital Mariano Castelo Branco, localizado da Santa Maria da Codipi.

 

“Não houve diminuição de leitos Covid na cidade. Nós estamos reorganizando a rede. Os leitos clínicos Covid ficarão concentrados agora no Hospital Monte Castelo e no Mariano Castelo Branco, totalizando 68 leitos. Já os leitos de UTI Covid (Unidade de Terapia Intensiva), ficarão concentrados no Monte Castelo e no HUT, totalizando 48 leitos de UTI Covid na capital”, informa Gilberto Albuquerque, presidente da FMS.

 

Desde o primeiro dia útil do ano, a rede de saúde municipal de Teresina passa por uma reorganização de leitos dedicados à Covid-19, para um melhor aproveitamento da estrutura diante da situação real da doença na cidade. “As estruturas de campanha foram criadas para serem temporárias e já cumpriram seu papel. Agora, vamos transferir esses leitos para unidades hospitalares mais adequadas e estruturadas”, diz Gilberto.

 

Fonte: Meio Norte